Oração a Mim Mesma

10.03.08
Que eu não me permita sentir diminuída só porque alguém não me entende.
Que eu não me permita duvidar do meu valor só porque alguém não o vê.
Que eu não me permita responder com orgulho a quem me injustiçou .
Que eu não me permita nunca julgar quem me julgou.
Que eu jamais perca o sorriso só porque alguém me magoou.
Que eu jamais deixe de me doar só porque alguém me recusou.
Que eu jamais deixe de sonhar só porque alguém me fez chorar.
Que eu jamais deixe de amar só porque alguém não acreditou.
 A Ti que estás aí em cima, que me amas apesar das minhas falhas e defeitos, ajuda-me a ser cada dia melhor e não permitas jamais que eu desista de ser Feliz.
publicado por Subjectividades às 09:40

Viagem pela Blogosfera

07.03.08

Pois é, mais um fim de semana à porta.

Ouça, se não tem programa que tal vir comigo numa viagem super interessante aqui mesmo pela blogosfera!

 

Olhe, vai ser uma viagem de Quimeras Mil.....

Podemos começar pelo Doce Março, seguimos pela Estrelado Sul até ao Mar de Saudades. Passamos pela Fábrica das Histórias, vamos SonharLuz e encontrar o Sonhador em Full Time. Vai ver que é uma viagem Indispensável, vamos inalar o Ramo de Cheiros, saborear o Pingo de Mel, sentir a Lágrima Tua, espreitar o Teu e eu um Só e claro, passar na Emanuela. Podemos também ir para o Outro lado e chegámos á Tibeu. Se já estás Perdida  ou mesmo Completamente perdida não faz mal, Amanhã voltas a Sonhar e não estás Tão longe de Sítio Nenhum, tudo mas tudo isto é Simplesmente Natural, ou então faça como lhe der na Real Gana.

Eu, Por aqui Fico na companhia da VOZ do Diabo e com todos vocês Always On My Mind.

 

Já agora venha ou não, faca-me um favor!

                                                                              SORRIA  e ....

                                                                Tenha Um Bom Fim de Semana .

publicado por Subjectividades às 13:40

Flashes ...

05.03.08

Chegou mas não vem igual!

Cortou os caracóis. O mesmo bom dia delicado, o sorriso despreocupado, caminha talvez mais leve e solta.

Entra, pousa a carteira, despe o casaco, tira o telemóvel e liga o computador.

Enquanto vai despachando tarefa atrás de tarefa, na sua postura adivinha-se determinação.

Hoje, olha em frente, os flashes são mais nítidos , não há nuvens, não há sombras!

Detectam-se pontos de teimosia, laivos de energia, cordas de força, um olhar mais luminoso.

-Levanta-se e vai até ao jardim.

-Respira fundo e olha em redor.

Por momentos, por longos momentos os flashes disparam.

Entra serena e tranquila pega no telemóvel, liga - Uma voz quente responde.

Fecha os olhos...quando os abre, tem neles o calor do sol, o colorido das flores e numa paleta de cores toda a magia do amor.

Sai à mesma hora de sempre .

Com um sorriso diz até mais.

Vai...serena e tranquila mas no olhar hoje leva paz.

 

publicado por Subjectividades às 16:24

Flashes III

04.03.08

Hoje chegou como sempre....igual!

Fez os mesmos gestos de todos os dias, cumpriu com a rotina de todos os dias, tomou café como todos os dias, sorriu como todos os dias.

Nos olhos não trás já sombras antes inquietude.

Hoje os flashes deixam adivinhar uma certa agitação.

Talvez a maneira como olha o telemóvel, talvez o facto de não parar sentada - por momentos por breves momentos, sente-se o bailar dos olhos, o suspiro fundo.

Levanta-se mais uma vez e olha o céu claro. Sai, vai até ao jardim mas não sente a brisa no rosto, não vê o colorido das primeiras flores, o sol não a ilumina.

Por momentos vislumbra-se que está longe, muito longe!

Naqueles olhos  hoje baila a saudade.

Entra na sua sala, senta-se, pousa a fronte entre as mãos, fecha os olhos e permanece estática.

Respira fundo volta a pegar no telemóvel, olha longamente para ele.

De repente, enfia-o na carteira, agarra nas chaves, no casaco e vai...

Hoje resolveu sair mais cedo.

Com um sorriso diz até amanhã.

Vai serena e tranquila, nos olhos leva ... nuvens de preocupação.

publicado por Subjectividades às 16:15

Flashes II

03.03.08

Chegou pontual como sempre.

Distribuiu sorrisos e bons dias.

Tranquila e serena, fechou-se na sua sala. Claro que trás a máscara, afinal é só mais um dia de trabalho igual a tantos outros.

Mas hoje, por detrás daquele sorriso os flashes são diferentes!

Por momentos, por breves momentos naqueles olhos, vislumbra-se o desejo de um carinho, de uma palavra bonita, de um gesto amigo.

Por momentos, por breves momentos o clarão do flashe dá conta da falta de um mimo, de um passar a mão na cabeça, de um abraço apertado...

Hoje não é um vendaval que se adivinha por detrás daquele olhar, antes uma brisa, uma aragem que nos mostra uma profunda solidão.

Por momentos, por breves momentos também, parece que vai arriscar, que vai finalmente tirar a máscara e expor a profunda necessidade que sente de que gostem dela, de que lhe digam que gostam dela...

Mas não- Antes levanta-se, sacode a cabeça como quem ouve um zumbido irritante, respira fundo e vai tomar um café.

Vai...serena e tranquila, com um sorriso no rosto e sombras no olhar.

publicado por Subjectividades às 15:28

mais sobre mim

pesquisar

 

Março 2008

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
15
16
17
19
20
21
22
23
28
29
30

comentários recentes

  • Faz 1 mês que o meu Querido E Adorado Pestinha poi...
  • Obrigada pelo comentário :)Temos de ser nós a muda...
  • que posso dizer depois esta festa a desfilar no Sa...
  • Ainda bem k eu tenho uma amiga de verdade!!!!!te a...
  • Obrigada :')Adorei este post! Deixa-me a reflectir...
  • Acho que a música ainda tem muitos segredos por de...
  • Olá Paulo!Não quis de modo nenhum misturar música ...
  • Olá!É um ponto de vista a explorar esse de que alg...
  • Isabel, se considerar que a música é vibração tal ...
  • O assunto e conceito de amizade é muito extenso e ...

favoritos

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

mais comentados